Flash-trip Zurique 3/3

21 maio 2010




Já tinha estado em Zurique e não fiquei fascinado. Bonita e tal, mas para mim, mais uma cidade igual a tantas outras do Norte da Europa. Estando a morar no país mais plano do mundo, andava com sede em ver montes, elevações, montanhas e existem poucos sítios no mundo melhores que a Suiça.

Fomos de carro até à zona de montanhas mais próxima e fiquei fascinado pela paisagem natural verdadeiramente estonteante. É mágico percorrer as estradas nacionais, conduzir devagar pelas estradas serpenteadas, passar no meio das pequenas aldeias e subir de carro até à montanha. Paramos algumas vezes apenas para apreciar paisagem, e quando não passavam carros, os sinos das vacas era o único som que se ouvia.

Domingo, dia de regresso e ainda com espaço para mais um episódio. A pouco menos de 10kms da fronteira holanda-alemanha, sinto o motor do carro a ir totalmente abaixo. Já tinha reparado na luz de depósito a piscar, mas nem 20kms?

Sorri :) 4 piscas, encosto na berma e a pé vou estrada acima à procura de uma bomba de gasolinha. Um alemão pára, e dá-me boleia até a bomba mais próxima. Compro garrafa de água, deito a água fora e encho-a com 1,5l de gasolina. Apenas o suficiente para o carro andar 5kms. A viagem de volta ao carro fi-la a pé e foi uma sensação óptima, porque quase todos os condutores  sorriam (do género, ya shit happens), alguns grupos de motards buzinavam e camionistas a acenar. Pudera, vêm um gajo com uma garrafa, a caminhar sozinho em direcção a um carro que viram parado alguns kms antes. Se tivessem dado boleia é que era.




Hei-de voltar. Alugar uma casita de madeira numa encosta com vista para o branco do topo da montanha, o jogo de verde claro e escuro das florestas, o azul brilhante do lago, aldeias pequenas espalhadas pela encosta e durante uma semana aplicar a filosofia "amor e uma cabana" :)

Suiça, até já...

7 comentários:

  1. Nuno Nogueira disse...
  2. hehehe.

    Sabes que mais? É SEXTA FEIRA =D

    ah, vou comprar bilhete para MUSE dia 27/Maio. como é? =D

  3. Patrícia Castro disse...
  4. Olá Pedro! Gosto dos seus relatos! Chamou-me atenção você dizer que ouvia o som que vinha dos sinos das vacas, pois aqui não botamos sinos nas nossas vaquinhas. Ah, e gostei muito da música do Iggy Pop que está no seu play list. Grande abraço!

  5. gimane disse...
  6. Leva-me ctg, mesmo sem a parte do "amor", bastava-me a cabana...e o paraíso!

  7. Pedro Teixeira disse...
  8. @Nuno, não é
    @Patrícia, a música é incrível não é? especialmente se prestares atenção à letra
    @gimane, mesmo que quisesse que viesses comigo, o mais certo era não vires :)

  9. Patrícia Castro disse...
  10. Pedro tens toda a razão, a letra é linda! E suas histórias, não tem tido tempo de nos contar? Grande abraço
    P.S.: Saudações canarinhas! Amanhã nossos times jogarão, boa sorte!

  11. Aledys Ver disse...
  12. Olá desde Zwolle! Mi amiga Sandra del blog "Presépio..." me recomendó tu blog y decidí pasar a verlo... lo encuentro muy interesante!
    Lastima que Zurich no te pareció nada especial, pero verdad que se extrañan las montañas cuando vivimos aquí en Holanda en una tierra tan plana y bajo el nivel del mar?
    Un saludo!!

  13. Pedro Teixeira disse...
  14. @Patricia, nem Brasil nem Portugal :)

    @Aledys, ir a 'a Suica foi, em toda a sua extensao, um ganhar folego e ficar estonteado com a paisagem natural. Irei voltar..e se possivel com mais neve :)